Notícias‎ > ‎

A 100 DIAS DE LONDRES/2012, EQUIPE BRASILEIRA DE VELA SE PREPARA PARA ETAPA DA COPA DO MUNDO!!!

postado em 19 de abr de 2012 16:21 por Pedro Quezada
Melhores velejadores do Brasil vão competir, a partir de domingo, na Semana de Hyères, na França, quarta etapa do circuito da ISAF

A cidade de Londres comemora nesta quarta-feira (18) um marco em sua preparação olímpica: 100 dias para os Jogos. Não muito longe da Inglaterra, na cidade mediterrânea de Hyères, na França, a equipe olímpica brasileira de vela também entra na fase final de preparação para os Jogos Olímpicos. O time completo vai disputar a Semana Olímpica Francesa, quarta etapa da Copa do Mundo da Isaf (Federação Internacional de Vela).

O evento é um dos mais importantes do primeiro semestre para a Equipe Brasileira de Vela, que comparece quase completa: as únicas ausências são Bruno Fontes, vice-líder do ranking mundial da classe Laser, e Ricardo Winicki, o Bimba, da classe RS:X, que ficaram no Brasil treinando.

Estarão lá, por exemplo, os atuais campeões mundiais, líderes da Copa do Mundo e dupla número 1 do ranking da Isaf, Robert Scheidt e Bruno Prada. "O campeonato em Hyères é importante porque vamos voltar a velejar com o barco com o qual ganhamos o Mundial (em Perth, na Austrália, no ano passado). Além disso, vamos testar algumas novas velas para melhorar ainda mais no desempenho", diz Scheidt, que vai permanecer em Hyères após a Semana Olímpica Francesa: o Mundial da classe Star está marcado para o mesmo local e começa na semana seguinte.

Outro destaque brasileiro na França será a dupla escolhida para defender a medalha de bronze da classe 470 femimina em Pequim, em 2008. Fernanda Oliveira e Ana Barbachan venceram o duelo contra Martine Grael e Isabel Swan na última etapa da Copa do Mundo, disputada em Palma de Maiorca, na Espanha. Em Hyères, farão seu primeiro evento como dupla olímpica.

"É o nosso primeiro evento depois de garantir a classificação para os Jogos. Agora, começamos um período de teste de materiais e de busca por melhora em alguns pontos na parte técnica. Não temos grande expectativa ou preocupação com os resultados. É o momento de tentar reunir e analisar informações sobre as velas, achar o melhor conjunto com o mastro, focando sempre nas condições de Weymouth", fala a gaúcha, primeira brasileira medalhista olímpica na vela, ao lado da agora rival Isabel Swan.

Duas duplas ainda buscam classificação - A Semana Francesa será vital para duas duplas que ainda estão em busca da classificação para as Olimpíadas de Londres. Fábio Pillar e Gustavo Thiesen, por exemplo, vão correr em Hyères como parte final da preparação para o Mundial da classe 470, em Barcelona, a partir do dia 10 de maio. Na Espanha, estarão em jogo sete vagas para Londres/2012. "Não vamos pensando em resultados, mas em treinar para o Mundial e experimentar regulagens que podem nos deixar mais rápidos", explica Fabio.

A situação é a mesma da dupla da classe 49er, André Fonseca e Marco Grael. Os dois vão buscar a vaga para a Olimpíada no Mundial de Zadar, na Croácia, a partir do dia 4 de maio, e esperam ganhar em motivação com os bons ventos de Hyères. Foi justamente na Semana Olímpica Francesa que a dupla conseguiu seu melhor resultado até agora, o sétimo lugar do ano passado.

"Hyères é nosso último treino antes do Mundial e a última chance de treinar contra nossos adversários na briga pela vaga. Precisamos muito praticar as largadas e só com barcos em volta podemos fazer isso. Temos um carinho especial pelo local, pois tivemos bons resultados em edições passadas. Para nós, do 49er, é o inicio de uma batalha. Não será fácil, mas vamos lutar e torcer para sair vitorioso", analisa André.

As outras mulheres na delegação do Brasil que vai velejar em Hyères são Patricia Freitas, da RS:X feminina, e Adriana Kostiw, da Laser Radial. Em comum, as duas vão aproveitar o campeonato francês para tentar se aproximar das rivais. "Meu objetivo em Hyères é chegar entre as dez melhores. Nas últimas duas vezes que velejei aqui, fiquei em 12º lugar. Então, acho que seria uma boa hora de finalmente emplacar um resultado entre as 10", fala Patrícia.

A Confederação Brasileira de Vela e Motor tem o patrocínio do Bradesco por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do Governo Federal, e apoio da Tamoyo Turismo, Travel Ace e COB - Comitê Olímpico Brasileiro.

Sobre o Bradesco:
O Bradesco é um dos bancos líderes do setor financeiro no Brasil. Fundado em 1943, cresceu e evoluiu acompanhando as tendências e os ciclos econômicos do País. Dispõe de uma ampla rede de atendimento, com mais de 47,7 mil pontos em todo o Brasil. O atendimento aos clientes está segmentado poráreas de especialização, de acordo com o perfil de cada cliente. Seu modelo administrativo preserva o compromisso com as boas práticas de governança corporativa, proporcionando uma política de dividendos que oferece retorno atraente aos seus acionistas e o reconhecimento de sua atuação nas questões socioambientais. É ainda um dos maiores empregadores da categoria no País. O Grupo Bradesco de Seguros e Previdência é líder no mercado de seguros, previdência e capitalização, entre os conglomerados que atuam no setor na América Latina.

Mais informações no site www.cbvm.org.br 

Flávio Perez - Mtb.: 45562
Comments